Diego Pascual

Diego Pascual

Publicado: 26/09/2018

O Artista em Pauta de hoje, Diego Pascual, é arquiteto e designer, e assina peças de uso cotidiano em formas geométricas simples, usando o concreto, madeira, aço e a luz como materiais principais.

Sobre o Artista Meu nome é Diego Pascual, eu sou arquiteto de formação, formado pela Universidad Andres Bello (Santiago de Chile) e designer como profissão paralela. Eu trabalho como profissional freelance e como cabeça da marca BLOCO. Sou chileno, natural de Santiago de Chile, e atualmente resido em Fortaleza, Ceará. Bloco nasce de uma investigação pessoal no desenvolvimento de objetos inspirados e criados desde o conceito do primitivo. A marca foi criada no ano 2016 como parte de uma vontade pessoal de desenvolver peças de design autoral usando materiais como concreto, madeira e aço. Criando produtos como vasos, cachepôs, luminárias e outros objetos decorativos feitos 100% a mão em baixa escala de produção.

Quais são as suas inspirações? Eu acredito que mais que referencias de algum designer ou artista em especifico, o que mais me inspira são elementos naturais do território austral. Falamos de astral quando entendemos a relação dos produtos com formas e conceitos que remetem a elementos característicos de territórios tão isolados como o Sul do Chile: cordilheiras, vulcões, pedras, palha seca e madeira queimada. Estas referencias fazem parte do conceito de cada uma das peças, não necessariamente de forma literal, mas sim como inspiração. Se eu tivesse que escolher uma lista de designers que tenho como referencia, ou exemplo de profissional pode ser: – Smiljan Radic, Alvar Aalto, Lina bo Bardi e Alfredo Jaar.

Qual é a sua maior motivação para criar? Tentar expressar minhas ideias nos produtos que eu crio, que cada produto tenha algum elemento auto-referencial. Que fale um pouco de mim e das minhas origens.

luminária cratera bloco

Quais são as suas ferramentas de trabalho? Martelos, esmeriladeiras, serras de corte, lixadeiras, furadeiras…Enfim muitas ferramentas para cada peça diferente.

Qual foi o projeto que mais o marcou? Tem uma peça que eu considero que explica muito bem os conceitos que eu tento expressar: a Luminária Cratera. Eu acredito que expressa muito bem o primitivo e possui um contraste de materiais interessante. o chapisco de concreto e o aço inox polido.

Quais são os seus maiores desafios? O trabalho com novos materiais que expressem as minhas ideias, Eu sempre tento trabalhar com diversos materiais que permitam expressar o conceito do primitivo. Originalmente eu trabalhei apenas com concreto, logo comecei a utilizar madeiras, aço inox, alumínio, e agora comecei a experimentar com palha de carnaúba como matéria prima principal para criar uma nova linha.

Você leva a sua arte, seu trabalho manual para dentro da casa das pessoas. Como você é isso para você? Eu gosto muito quando o cliente compra a peça não simplesmente porque é bonita, mas porque possui um conceito que eles entendem e querem levar e expor em casa. Eu acredito que eles acreditam nas minhas ideias e estão levando um pouco disso com eles.

Você possui alguma ideia ou coleção nova que possa nos adiantar algo? Atualmente estou desenvolvendo uma linha de objetos, em colaboração com uma comunidade de artesãs de Cabreiro- Aracati-Ceará, utilizando a palha de carnaúba crua como matéria prima principal. O projeto nasceu quando fui selecionado pelo Sebrae Ceará, em conjunto com mais 10 designers locais, para criar uma serie de peças inspiradas no trabalho de grandes mestres do artesanato nordestino. Esse trabalho esta sendo exposto atualmente na Casa Cor Ceará.

Confira mais trabalhos de Diego Pascual no Instagram

No Comments

Post A Comment

Cadastre-se!

Olá! Deixe o seu e-mail para receber conteúdos exclusivos, novidades e descontos.