Como cuidar de móveis em MDF?

Como cuidar de móveis em MDF?

O cuidado com os móveis em MDF melamínicos decorativos começa pela manutenção preventiva e periódica. Para quem deseja manter peças em bom funcionamento, limpas e com alta durabilidade deve se atentar à esses cuidados.

Mas afinal, o que é MDF?

O MDF (Medium Density Fiberboard) é uma chapa de fibra de média densidade, na qual, por um processo de alta temperatura e pressão, fibras de madeira são aglutinadas por resinas sintéticas. Para a obtenção das fibras, a madeira é cortada em pequenos cavacos que, em seguida, são triturados por equipamentos denominados desfibradores.

Basicamente, utiliza-se o pinus e selecionado para confecção de tais painéis. Ou seja, procure saber qual marca de MDF entrará no seu projeto de marcenaria, e procure marcas que possuem compromisso que atesta que a madeira utilizada na fabricação dos produtos é proveniente de florestas manejadas de forma ambientalmente adequada, economicamente viável, socialmente benéfica e de outras fontes controladas.

Atualmente, quase todos os móveis que exigem montagem são fabricados em MDF, incluindo armários, cadeiras, gaveteiros, mesas,  etc. Possuem uma vantagem econômica e ecológica, contudo, o MDF é mais frágil e sensível que a madeira. Por isso, são necessários alguns cuidados para que seu móvel ficar conservado e bonito por mais tempo. Vale lembrar, o cuidado com a limpeza se deve justamente à necessidade de manter as características do revestimento.

Cuidado e Limpeza dos  paineís de MDF

– Os raios solares não devem incidir diretamente sobre os móveis, pois podem alterar as suas características e a cor original, devendo ser evitados, inclusive, através de vidros escurecidos, películas e cortinas.

-Ao manusear objetos para a limpeza, levante e não arraste, pois pode causar riscos no revestimento dos móveis.

-Não coloque peso excessivo sobre os móveis ou se apóie sobre as portas, pois poderá ocasionar desregulamento ou deslocamento das mesmas. O mesmo vale para panelas, fôrmas, assadeiras e demais utensílios, nunca apóie eles aquecidos sobre qualquer superfície, isso pode causar danos ao mesmos.

-Sempre mantenha os móveis livres de umidade. Utilize vedantes de silicone para vedar a junção dos tampos e pias com o revestimento das paredes.

-Na hora da higienização da marcenaria, para a limpeza mais pesada, é recomendado não utilizar querosene ou thinner. Esses produtos podem danificar a superfície do MDF, provocando sua descoloração. Não aplique produtos multiuso e desengordurantes, pois com o tempo eles podem deixar o móvel amarelado. Ceras, lustra móveis, e silicones devem ser evitados, pois deixam as superfícies do MDF com aspecto “engordurado”, independentemente do padrão e textura. É também recomendado evitar movimentos circulares ou esfregar repetidas vezes o mesmo local.

-A limpeza básica pode ser feita utilizando um pano levemente umedecido com água e um pouco de detergente neutro. Em seguida, a superfície deve ser seca com a ajuda de um pano limpo e macio.

-A limpeza pesada residual de cola e gordura de máquinas, utilize pano de algodão levamente umedecido com álcool 90%. Logo em seguida pano seco para remover qualquer excesso do produto.

Sempre que adquirir um móvel novo, é importante consultar as orientações do fabricante, aqui damos dicas mais praticadas, mas há sempre alguma solução nova no mercado, portanto, sempre leia as espeficações de cada produto que você deseja adquirir.

Imagem acervo Arauco para Revestir

Dica extra: Ao instalar móveis e utilizar painéis como revestimento de ambientes, verifique se a pintura das paredes não apresenta mofo e mantenha um afastamento mínimo de 3 cm entre a parede e o móvel, permitindo a ventilação do mesmo.

Fonte: Guararapes, Berneck e Arauco. 

No Comments

Post A Comment